Categoria: Indústria da Saúde

Tecpar, Unicentro e UFF somam competências para tratar câncer em escala nanotecnológica

27.07_unicento_Marcio Nei dos Santos-Unicentro

Foto: Márcio Nei dos Santos/Unicentro

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) se reuniram, nesta quinta-feira (26), para detalhar o plano de ação para a implantação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Nanotecnologia Aplicada à Saúde em Guarapuava, sede da universidade. Para lançar as atividades, Tecpar e Unicentro se somam à Universidade Federal Fluminense (UFF) para desenvolver pesquisas na área.

A parceria foi possibilitada a partir de dois estudos distintos. Um deles, desenvolvido na UFF, objetiva a utilização do álcool perílico – que é um óleo extraído a partir de frutas cítricas – no tratamento do câncer cerebral. Já o segundo, realizado na Unicentro, trata do desenvolvimento de nanomedicamentos. Os nanomedicamentos para o tratamento do câncer cerebral serão desenvolvidos e produzidos em pequena escala, inicialmente, na Unicentro. Depois, com o apoio do Tecpar passarão a etapa de produção em escala industrial.

O diretor-presidente do Tecpar, Júlio C. Felix, explica que o instituto, como uma Instituição Científica e Tecnológica (ICT), busca, com o acordo, cumprir seu papel em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). “Nós temos uma relação muito grande com as universidades de maneira geral. A área que a Unicentro está trabalhando é de interesse direto das estratégias do Tecpar, que é a saúde pública, em especial o tratamento de câncer. Então, nós estamos unindo as equipes da Unicentro com o Tecpar e a UFF para, realmente, levar ao cidadão brasileiro o melhor tratamento para o câncer”, explica Felix.

A parceria entre as instituições é vista com muito otimismo pelo reitor da Unicentro, professor Aldo Nelson Bona. “O Tecpar tem a expertise, a vivência, a experiência e os caminhos para fazer com que o que se produz no meio acadêmico se converta em benefício para a sociedade. O nosso carro-chefe, nesse momento inicial, é a possibilidade de termos uma unidade de produção de medicamentos para o tratamento do câncer em medicamentos de escala nanotecnológica”, salientou Bona.

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone

Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar)

Empresa pública criada em 1940 e vinculada à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, o Tecpar atua em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação.



Instituto de Tecnologia do Paraná tecpar 2017 todos os direitos reservados