Tecpar, UEM e Procom estudam parceria para identificar níveis de agrotóxicos nos alimentos

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), a Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Procon Maringá estudam a formatação de um termo de cooperação técnica para o desenvolvimento de ações conjuntas. O objetivo da parceria é a realização de análises de presença ou ausência de defensivos agrícolas em alimentos e certificação de isenção de resíduos destes controles de pragas.

Para tratar sobre o assunto, na quinta-feira (11), o diretor de Indústria e Inovação do Tecpar, Rafael Rodrigues, e o gerente do Centro de Desenvolvimento e Produção de Medicamentos Biológicos do instituto, Nilson Tazinafo, visitaram o Complexo de Centrais de Apoio à Pesquisa e do Núcleo de Inovação Tecnológica da UEM. Eles foram recebidos pelo vice-reitor, Ricardo Dias Silva, pelo pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Clóves Cabreira Jobim, e pelo diretor de pesquisa e coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), Luiz Fernando Cótica.

Segundo Rodrigues, o Tecpar poderá realizar análises para investigação tanto das condições dos agrotóxicos utilizados na lavoura quanto do impacto destas substâncias na saúde das pessoas. “Se um produtor de leite quer medir se há contaminantes, a UEM pode fazer análise e o Tecpar certificar que está livre de agrotóxicos”, afirmou.

SERVIÇOS – O Centro de Tecnologia em Saúde e Meio Ambiente do Tecpar faz análises de composição nutricional dos alimentos e de identificação da presença de contaminantes, que são substâncias de origem biológica, química ou física, estranhas ao alimento, que sejam consideradas nocivas à saúde humana ou que comprometam a sua integridade.

Além disso, há 10 anos, o instituto analisa a quantidade de substâncias contaminantes potencialmente presentes no solo, como metais pesados e resíduos de agrotóxicos. O instituto também está registrado junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para fazer o controle da qualidade de fertilizantes, corretivos agrícolas e inoculantes para fabricantes em todo o território nacional.

Da esquerda: Nilson Tazinafo, Rafael Rodrigues, Ricardo Silva, Clóves Jobim e Luiz Cótica
Da esquerda: Nilson Tazinafo, Rafael Rodrigues, Ricardo Silva, Clóves Jobim e Luiz Cótica

 

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone

Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar)

Empresa pública criada em 1940 e vinculada à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, o Tecpar atua em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação.



Instituto de Tecnologia do Paraná tecpar 2017 todos os direitos reservados