Tecpar recebe Unidade de Apoio ao Diagnóstico Covid-19 da Fiocruz e IBMP

IBMP_centraldiagnóstico1

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), em parceria com a Fiocruz e o Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP), implantou em caráter emergencial a Unidade de Apoio para Diagnóstico da Covid-19. O objetivo é atender ao aumento da demanda pelos testes moleculares, de acordo com protocolo estabelecido pela Organização Mundial da Saúde para identificar o vírus Sars-CoV-2. A unidade está localizada no Parque Tecnológico do Tecpar, no câmpus CIC, em Curitiba.

Com a estrutura, a unidade será referência no diagnóstico molecular para a Região Sul. O laboratório já está em operação com duas plataformas em funcionamento, tendo capacidade de fazer mais de 1.000 testes por dia. A expectativa é de que nas próximas três semanas outras oito plataformas entrem em operação.

Ao todo, serão 10 plataformas automatizadas para os testes, o que possibilitará a ampliação da testagem molecular para mais de cinco mil testes por dia. A ampliação da estrutura será em um novo espaço destinado pelo Tecpar para o aumento da capacidade de análises.

A nova unidade, localizada no Parque Tecnológico da Saúde no Tecpar, foi implantada em poucos dias a partir da colaboração entre Tecpar, IBMP, Instituto Carlos Chagas (ICC) – Fiocruz/PR e Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos Bio-Manguinhos/Fiocruz, que contribuiu com a capacitação dos profissionais e com o envio de equipamentos de extração de material genético e de RT-PCR em tempo real, tecnologias utilizadas no diagnóstico molecular.

Além destes, foram acrescidos equipamentos que antes eram destinados ao desenvolvimento tecnológico no próprio IBMP, e outros adquiridos com recursos do Ministério da Saúde.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, disse que a unidade é resultado da união de esforços das instituições pela saúde pública. “A parceria entre as três instituições possibilita aos governos, de todas as esferas, a ampliação na oferta de testes para o diagnóstico da Covid-19”, afirmou. Segundo ele, a iniciativa se soma a outras frentes de atuação do Tecpar no combate à pandemia, como a produção do álcool antisséptico para fornecimento ao Governo do Paraná e o chamamento de empresas para desenvolverem seus projetos de enfrentamento ao coronavírus com o apoio do Tecpar.

Com o laboratório instalado no Tecpar, Bio-Manguinhos e o IBMP estão ampliando a produção de kits, de modo a atender a crescente demanda em todo país. “Não faltarão kits para diagnóstico no SUS”, garante o diretor-presidente do IBMP, Pedro Barbosa Ribeiro.

KIT DIAGNÓSTICO – O kit de diagnóstico molecular tem como objetivo identificar um fragmento específico do genoma do coronavírus. As amostras respiratórias são coletadas da oro e nasofaringe e encaminhadas aos laboratórios para testagem. A técnica utilizada em laboratório é a PCR em tempo real: os laboratórios preparam os reagentes de acordo com as instruções do kit e com os treinamentos realizados, adicionam o material extraído e podem acompanhar no equipamento, em tempo real, se há presença ou ausência desses alvos referentes ao coronavírus.

 

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone

Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar)

Empresa pública criada em 1940 e vinculada à Governadoria, o Tecpar atua em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação.



Instituto de Tecnologia do Paraná tecpar 2017 todos os direitos reservados