Empresa de cosméticos orgânicos entra na incubadora do Tecpar

Lindolfo Luís Junior, diretor de Novos Negócios e Relações Institucionais do Tecpar; Rafael Rodrigues, diretor de Indústria e Inovação do Tecpar; Suzan Rossi, diretora técnica da Plantae; Jorge Callado, diretor-presidente do Tecpar; Amanda Wendrechovski e Ana Paula Paludo, da Plantae
Lindolfo Luís Junior, diretor de Novos Negócios e Relações Institucionais do Tecpar; Rafael Rodrigues, diretor de Indústria e Inovação do Tecpar; Suzan Rossi, diretora técnica da Plantae; Jorge Callado, diretor-presidente do Tecpar; Amanda Wendrechovski e Ana Paula Paludo, da Plantae

 

Uma empresa de cosméticos naturais e orgânicos é a nova incubada do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar). O grupo de empreendedoras da Plantae, formado por três farmacêuticas, vai receber apoio do instituto para desenvolver o processo de fabricação de cosméticos produzidos a partir de resíduos da agroindústria.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, disse que esta é terceira empresa a ingressar no processo de incubação depois do edital de seleção, lançado em novembro deste ano. Segundo ele, a diversidade de empresas que buscam o apoio da Incubadora Tecnológica do Tecpar (Intec) demonstra a competência técnica do instituto em apoiar novos negócios, seja qual for o segmento.

“A contribuição do Tecpar para favorecer o ambiente de negócios no Paraná é ampla e abrangente”, diz Jorge Callado. “Por meio da incubadora, os empresários recebem orientações e direcionamentos que vão desde os princípios básicos do empreendedorismo até o desenvolvimento, aprimoramento e comercialização de novas tecnologias e produtos inovadores”, afirmou.

EMPREENDEDORISMO – A farmacêutica Suzan Rossi conta que o projeto da Plantae iniciou há cerca de um ano. O desejo de empreender uniu as três mulheres, que já tinham experiência em indústria de cosméticos e dermocosméticos, na ideia de criar produtos que tivessem a sustentabilidade como grande diferencial.

“Vamos fabricar produtos de origem natural orgânica, utilizando resíduos da agroindústria como ativo principal, transformados por meio da biotecnologia. Ou seja, vamos tirar resíduos do meio ambiente para produzir ativos”, afirma Suzan.

Ela conta que o objetivo é criar produtos de alta performance, com qualidade para competir com grandes empresas. O primeiro protótipo foi um primer — produto usado antes da maquiagem para aumentar a durabilidade e melhorar a textura da pele.

Para Suzana, o apoio da Intec será fundamental para orientar o grupo em questões como empreendedorismo e plano de negócios. Segundo ela, o Tecpar tem como diferencial os equipamentos de ponta que podem ser usados para pesquisa e desenvolvimento dos produtos. “Nos primeiros seis meses vamos elaborar nosso plano de negócios e começar as pesquisas. Vamos utilizar um resíduo de cervejaria como ativo principal: dele vai ser extraído a betaglucana, substância que tem ação anti-idade”, explica a farmacêutica.

O contrato de incubação foi assinado pelo diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado; pelo diretor de Novos Negócios e Relações Institucionais, Lindolfo Luíz Junior; pelo diretor de Indústria e Inovação do Tecpar, Rafael Rodrigues; e pelas empreendedoras Amanda Wendrechovski, Ana Paula Paludo e Suzan Rossi.

INTEC – Criada em 1989 para estimular a geração e instalação de empresas de base tecnológica no Paraná, a Intec foi a primeira incubadora do Estado com este perfil. Ao longo de sua história já deu suporte a mais de 100 negócios inovadores.

Atualmente, seis empresas passam pelo programa da Intec, com o desenvolvimento de tecnologias em diversas áreas: Compracam, Forrest Brasil Tecnologia, Toys for Boys – Chemistry Automotive, Bley Energias, IJP e Plantae.

Hoje oferece vagas de incubação nas modalidades residente e não residente para empresas de Curitiba, Araucária, Jacarezinho e outras cidades que compõem o Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro: Santo Antônio da Platina, Bandeirantes, Andirá e Cambará.

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone

Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar)

Empresa pública criada em 1940 e vinculada à Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o Tecpar atua em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação.



Instituto de Tecnologia do Paraná tecpar 2017 todos os direitos reservados