Categoria: Educação, Indústria da Saúde, Soluções Tecnológicas, Tecnologia e Inovação

Embaixadores da União Europeia conhecem mais sobre o Tecpar em reunião no Palácio Iguaçu

José Fernando Ogura/ANPr
José Fernando Ogura/ANPr

O diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Júlio C. Felix, realizou uma apresentação institucional sobre o instituto a embaixadores da União Europeia, nesta terça-feira (03), no Palácio Iguaçu. O papel estratégico do Paraná dentro do Mercosul foi o principal assunto discutido na reunião entre secretários de Estado e embaixadores da União Europeia. O Paraná foi escolhido para sediar a missão diplomática que busca fortalecer as relações comerciais com o Estado e trocar informações sobre temas políticos, econômicos e culturais.

O embaixador da União Europeia no Brasil, João Gomes Cravinho, que lidera a missão, explicou que a União Europeia e o Mercosul estão prestes a finalizar um acordo de livre comércio, que beneficia o Paraná por sua posição estratégica no bloco e pelo potencial econômico do Estado. “O entusiasmo é grande porque o Paraná tem profundas relações históricas com a Europa e também um potencial tremendo para o futuro. Além de estar no centro do Mercosul, é um estado com uma economia avançada e diversificada”, afirmou o embaixador.

O grupo iniciou a série de compromissos no Paraná na última quarta-feira (2) e foi recepcionado pela governadora Cida Borghetti. A visita segue até o domingo (6). Integram a comitiva representantes da Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Grécia, Irlanda, Itália, Lituânia, Luxemburgo, Polônia, Reino Unido, Romênia e Suécia.

Além das questões comerciais, os secretários e diretores de órgãos estatais apresentaram os potenciais turísticos, culturais e a infraestrutura logística, tecnológica e educacional do Estado. O objetivo, de acordo com o secretário do Desenvolvimento Urbano, Sílvio Barros, é ampliar os acordos bilaterais com os países europeus.

“Foram identificadas pelos embaixadores oportunidades de intercâmbio nas áreas da saúde, educação, desenvolvimento tecnológico e de inovação e o fortalecimento de acordos bilaterais que já temos com diversas regiões da Europa e que podem ser ainda mais benéficos para a nossa população”, explicou Barros.

Outra proposta que surgiu na reunião, destacou o secretário, é ampliar a oferta de idiomas nas sete universidades estaduais do Paraná e na rede pública de ensino. “Se queremos fortalecer o relacionamento com esses países, devemos aproveitar o fato de que o Paraná tem colônias europeias já estabelecidas, o que permitiria oferecer um segundo idioma que fosse mais próximo da população que vive nesses locais, e não obrigatoriamente o inglês”, disse Barros.

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone

Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar)

Empresa pública criada em 1940 e vinculada à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, o Tecpar atua em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação.



Instituto de Tecnologia do Paraná tecpar 2017 todos os direitos reservados